Agora é para valer. A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) acaba de divulgar o calendário de mudança na plataforma de boletos no Brasil. Já a partir do dia 13 de janeiro os boletos de cobrança com valor igual ou acima de R$ 50 mil passarão a trafegar apenas pela Nova Plataforma de Cobranças dos bancos. Ao longo desse ano todos os boletos do país, de todos os valores serão incorporados pelo novo sistema. O que deve mexer nos custos e nas operações de empresas.

Na prática isso significa que nenhum boleto poderá ser emitido sem registro, o que deve elevar custos para empreendedores. Segundo os bancos e a Febraban, o novo sistema irá reduzir o número de fraudes, melhorar a rastreabilidade e facilitar os pagamentos. Já que boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco, pois o sistema será integrado.

Novo prazo

Inicialmente, a Nova Plataforma passaria a registrar todos os boletos a partir do fim de 2017. Segundo a Febraban a mudança foi necessária para garantir segurança nas operações. Já que cerca de 4 bilhões de boletos são emitidos por ano no Brasil.

Além de um prazo maior, os bancos decidiram adotar um período de convivência entre o antigo modelo de cobrança. Que permitia emissões sem registros, e o novo, que deverá ter todos os boletos de pagamento registrados na base, para que não houvesse problemas de atendimento aos clientes.

CRONOGRAMA

  • A partir de 24 de março/2018 – R$ 800,00 ou mais
  • A partir de 26 de maio/2018 – R$ 400,00 ou mais
  • A partir de 21 de julho/2018 – R$ 0,01 ou mais
  • Em 22 de setembro/2018 – processo concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros.

A rede bancária decidiu adotar um período de convivência entre o antigo modelo de cobrança, que permitia os boletos sem registro, e o novo, que deverá ter todos os boletos de pagamento registrados na base, para que não houvesse problemas de atendimento aos clientes.

Esse período de convivência entre os dois modelos inicia o seu desligamento em janeiro/18, conforme segue:

  • a partir de 13 de janeiro/2018 valores de R$ 50.000,00 ou mais
  • a partir de 3 de fevereiro/2018 valores de R$ 4.000,00 ou mais
  • a partir de 24 de fevereiro/2018 valores de R$ 2.000,00 ou mais

Desta forma, a partir de 24 de março, todos os boletos que passarem pela Nova Plataforma deverão estar adaptados ao novo sistema, inclusive aqueles de valor de R$ 800,00 ou mais, conforme cronograma acima.

Artigo produzido por Fernando Mattos

(fonte Febraban)

Faça a gestão de sua empresa ficar muito mais simples, rápida e eficiente. Com o software OSPlus 5.0 você ganha tempo para focar no seu negócio.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *